Claude Paris/AP
Claude Paris/AP

Messi resolve e Barcelona fatura Supercopa da Europa

Argentino aproveita bobeira de marcador e faz o primeiro do Barça em Montercalo

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2011 | 17h53

MONTECARLO - Um dia depois de conquistar o prêmio de melhor jogador do futebol europeu de 2010, o argentino Lionel Messi voltou a mostrar, nesta sexta-feira, que já é o principal favorito para ficar com o título também desta temporada, que está só começando. Com um golaço e uma bela assistência, o Barcelona venceu o Porto por 2 a 0 em Montecarlo e conquistou o título da Supercopa da Europa. Cesc Fabregas marcou o seu primeiro gol com a camisa azul-grená em competições oficiais.

No jogo que envolveu os campeões da Liga dos Campeões contra o da Liga Europa da última temporada, o Barcelona até que demorou a encontrar o caminho das redes. Seu primeiro gol foi aos 39 minutos. Guarín fez besteira na defesa, quase perdeu a bola, e, na tentativa de corrigir o erro, deu um chute para trás, fazendo ótima assistência para Messi, que driblou Helton e empurrou para o gol vazio. Este foi o quarto gol do argentino em três jogos oficiais na temporada pelo Barcelona.

O Porto até chegou a equilibrar a partida, principalmente pelo talento de Hulk, mas quem voltou a marcar foi o Barcelona. A três minutos do fim do jogo, Messi deu ótima assistência para Fabregas no meio da área. O catalão, livre, matou no peito e, sem deixar a bola cair, estufou as redes do goleiro Helton. O principal reforço do Barcelona para temporada já havia marcado num amistoso contra o Napoli, mas fez nesta sexta-feira o seu primeiro gol em jogos oficiais pelo clube.

Dois minutos antes, Rolando havia feito falta dura em Messi e levado o cartão vermelho. Guarín também foi violento. Primeiro, bateu em Messi, mas levou só o amarelo. Depois, agrediu Mascherano e deixou o Porto com dois a menos. Diferentemente do jogo contra o Real Madrid, que valeu o título da Supercopa da Espanha, desta vez o Barcelona não aceitou a provocação. Só se preocupou com mais uma festa, a 12.ª desde que Guardiola assumiu o comando do time. Ele já é, isoladamente, o treinador com mais títulos à frente do Barcelona, passando o holandês Cruyjff. E está apenas no começo de sua quarta temporada.

Com o fim da greve do futebol da Espanha, o Barcelona volta a campo segunda-feira, em sua estreia no Campeonato Espanhol, contra o Villarreal. O jogo será às 16h pelo horário de Brasília, no Camp Nou. O Porto, que lidera o Português, folga no final de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.