Ruben Sprich/Reuters
Ruben Sprich/Reuters

Messi se 'comprometeu' a encerrar carreira no Barça, diz presidente

Josep Bartomeu nega que astro tenha sido procurado por Chelsea e City. Na cerimônia da Fifa, o argentino deixou seu futuro em aberto

Estadão Conteúdo

15 de janeiro de 2015 | 11h01

O presidente do Barcelona, Josep Bartomeu, afirmou nesta quinta-feira que Lionel Messi quer continuar jogando pelo clube, apesar de especulações da mídia europeia darem conta de que o astro argentino possa mudar de time em um futuro próximo.

Em entrevista à Rádio Catalunya, o dirigente assegurou que o atacante "lhe disse que quer encerrar sua carreira no Barça e que seu comprometimento e vontade são máximas". "Não há debate sobre o seu futuro", disse.

Bartomeu falou sobre este assunto depois de Messi afirmar, durante a cerimônia da Bola de Ouro da Fifa, na última segunda-feira, na Suíça, que "não tem certeza sobre onde estará no próximo ano". No evento, o argentino foi eleito o segundo melhor jogador do mundo, perdendo a disputa que travou com o português Cristiano Ronaldo.

As declarações do presidente do Barça também aconteceram depois de Messi fazer longos desabafos no último domingo, após a vitória por 3 a 1 sobre o Atlético de Madrid, pelo Campeonato Espanhol. Naquela ocasião, ele negou que tenha tido problemas de relacionamento com o técnico Luis Enrique, assim como negou que tenha intenção de jogar por outro time e feito exigências para seguir no clube catalão.

"Ouvi rumores de que o meu pai (que também é seu empresário) tinha falado com o Chelsea, o (Manchester) City, tudo mentira. Aproveito esta oportunidade para negar e que todas as pessoas saibam a verdade", disse o astro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.