Enric Fontcuberta/EFE
Enric Fontcuberta/EFE

Messi treina e deve reforçar o Barcelona no clássico diante do Real

Clássico acontece nesta quarta-feira, no jogo de ida pela semifinal da Copa do Rei

Redação, Estadão Conteúdo

05 Fevereiro 2019 | 18h12

O técnico Ernesto Valverde teve uma ótima notícia no treino do Barcelona desta terça-feira. Principal craque da equipe, Lionel Messi participou normalmente da atividade e mostrou estar em condições de reforçar a equipe no clássico de quarta diante do Real Madrid, no Camp Nou, pela ida das semifinais da Copa do Rei.

Messi se tornou preocupação para a partida durante o fim de semana. No duelo de sábado contra o Valencia, o argentino sofreu uma pancada na perna direita, que o deixou de fora do treino da última segunda.

Antes da atividade desta terça, Valverde admitiu que a presença de Messi no treino seria preponderante para sua escalação no clássico. "Falta um treinamento. Se ele (Messi) puder participar, completar e estar em condições... Logo decidiremos", declarou.

Valverde admitiu a importância de contar com o craque para reforçar o Barcelona diante do maior rival, que vive temporada oscilante após a saída de Cristiano Ronaldo. O treinador, porém, discordou que a presença do argentino em campo torne o time catalão favorito.

"Não acredito que isso mude, é uma semifinal e não há favorito. Está aberto. Temos muitos bons jogadores, aquele que acreditamos que seja o melhor do mundo, e eles também têm bons jogadores, dos melhores. Se o Leo estiver bem, jogará. E se não estiver em condições, não vai jogar. Mas não muda o favoritismo", avaliou.

Valverde também deixou claro que não vai levar Messi a campo se o argentino não estiver 100% fisicamente. "O mais importante é que o jogador diga que está pronto. Se ele lhe diz que está bem, fala com os médicos... Você tem que assumir a decisão, com os prós e os contras."

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.