Werther Santana/ Estadão
Werther Santana/ Estadão

Meta do Corinthians é ‘liquidar’ o campeonato em Belo Horizonte

Tite vai escalar o time para pressionar o Atlético-MG

Raphael Ramos, O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2015 | 07h00

O Corinthians não jogará apenas por um empate, domingo, contra o Atlético-MG, para segurar a vantagem de oito pontos na liderança do Campeonato Brasileiro. A ideia de Tite é que o time mantenha a postura ofensiva das últimas partidas e jogue para ganhar, mesmo fora de casa. Na visão do treinador, se o Corinthians ficar esperando o Atlético-MG no seu campo de defesa para apostar nos contra-ataque, será massacrado.

“Vamos em busca da vitória. Mesmo com as dificuldades, é um grande passo ao título que daremos se conseguirmos os três pontos. Trabalhamos o ano todo por resultados e agora temos uma grande oportunidade de acabar com as chances do Atlético-MG. Vamos para Belo Horizonte para buscar a vitória”, garantiu o meia Jadson, que completará no domingo cem jogos pelo Corinthians.

Após a partida com o Atlético-MG, ainda restarão cinco rodadas para o fim do campeonato. Em caso de triunfo em Minas, a equipe abriria 11 pontos de vantagem na liderança, com mais 15 pontos em disputa.

“Mesmo com as dificuldades, com pressão da torcida, temos de tentar liquidar o campeonato já neste jogo. O time tem personalidade para conseguir um bom resultado”, disse o meia.

Domingo, Jadson deverá ter a companhia de Rodriguinho no meio de campo. O meia se recuperou de uma pancada na coxa direita que levou na terça-feira e, após não participar do treino na quarta-feira, foi escalado entre os titulares na vaga de Elias, suspenso. O goleiro Cássio, que deixou o treino de quarta-feira mais cedo por causa de dores lombares, participou de toda a atividade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.