Meta do Corinthians se resume à Copa Libertadores

Meta do Corinthians se resume à Copa Libertadores

Mano Menezes, porém, evita falar que não dá mais para ser campeão para não enfrentar os mesmos problemas de Tite

Raphael Ramos, O Estado de S. Paulo

26 Setembro 2014 | 05h00

A doze pontos de distância do líder Cruzeiro (52 a 40), o Corinthians agora vai disputar rodada a rodada uma vaga na Libertadores já que o título do Campeonato Brasileiro ficou praticamente impossível de ser conquistado. Nesta sexta, os concorrentes diretos da equipe são Grêmio, Atlético-MG e Fluminense e o Corinthians viu a sua vantagem sobre os adversários ir embora na quarta-feira, quando perdeu para o Figueirense e saiu do G-4.

Publicamente, no entanto, Mano Menezes resiste em jogar a toalha em relação ao título, já que essa postura poderia lhe causar problemas. No ano passado, Tite foi bastante criticado quando abriu mão do título e acabou demitido no fim da temporada. Agora, Mano não quer ter o mesmo comportamento.

O contrato do treinador termina no final do ano e, por enquanto, não há um movimento para renová-lo. O candidato do presidente Mario Gobbi na eleição de fevereiro, Roberto de Andrade, prefere Tite e Oswaldo de Oliveira. Por isso, qualquer deslize de Mano pode facilitar uma troca no comando da equipe.

Ontem, Bruno Henrique admitiu que as chances de o Corinthians ser campeão são remotas, mas, assim como o treinador, não quis abrir mão do título. “É complicado. Quando a gente perde, o Cruzeiro vai lá e ganha, mas vamos batalhar até o final”, disse.

Contra o Atlético-PR, domingo, o volante deve ser o substituto de Ralf, que levou cartão amarelo após o jogo diante do Figueirense por reclamação. O jogador estava pendurado e terá de cumprir suspensão automática. Ralf atuou nas 24 partidas do Alvinegro no Brasileiro.

O Corinthians contará também com os retornos de Petros e Fábio Santos, que estavam suspensos. O meia Lodeiro foi convocado ontem para a seleção uruguaia, mas desfalcará a equipe apenas no próximo mês. A Celeste disputará amistosos contra Arábia Saudita e Omã nos dias 9 e 13 de outubro.

Mais conteúdo sobre:
futebol Corinthians Brasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.