'Metade do time não acreditava na classificação', admite Felipe Santana

Zagueiro brasileiro fez o gol nos acréscimos que levou o Borussia à semifinal da Copa das Campeões

O Estado de S. Paulo,

09 de abril de 2013 | 22h16

DORTMUND - O herói da classificação do Borussia Dortmund para a semifinal da Copa dos Campeões confessou que nem o próprio time acreditava na vitória. O zagueiro brasileiro Felipe Santana marcou o gol nos acréscimos que garantiu os 3 a 2 sobre o Málaga e causou êxtase na fánatica torcida que lotou o Signal Iduna Park.

"Na verdade, metade da equipe não acreditava nessa possibilidade. Alguns jogadores incentivaram e puxaram o time para frente. Foi uma vitória para a equipe, para o clube e para a torcida que veio e deu um verdadeiro show", confessou o zagueiro em entrevista à ESPN Brasil.

O jogador de 27 anos foi revelado pelo Figueirense e desde 2008 está no time alemão. Com 1,94m de altura, foi colocado como atacante pelo técnico Jurgen Klopp nos minutos finais, justamente para ajudar a pressionar a equipe espanhola.

"Já entrei nessa função em algumas oportunidades. Mas hoje (terça-feira), o treinador ( falou que precisava de mim no ataque pois ia insistir no jogo aéreo. Claro que nunca vivi uma situação de fazer um gol decisivo, mas ali não precisa ser atacante para chutar com raiva e colocar a bola para dentro", contou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.