Nelson Almeida / AFP
Nelson Almeida / AFP

Mexicano de 34 anos vai apitar estreia do Brasil na Copa do Mundo

Cesar Ramos é conhecido no México pelo estilo conciliador e por gostar de conversas em campo

Ciro Campos, enviado especial / Sochi, O Estado de S.Paulo

15 Junho 2018 | 09h54

O mexicano Cesar Ramos será o árbitro da partida de estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo da Rússia, no domingo, em Rostov-on-Don. A Fifa anunciou nesta sexta-feira a definição do nome dele como o responsável por trabalhar no jogo entre Brasil e Suíça. Ramos tem 34 anos, está pela primeira vez em um Mundial e é um dos mais jovens árbitros da competição.

+ Seleção brasileira vestirá azul no segundo jogo da Copa do Mundo

+ Gabriel Jesus pode ser o atacante titular mais novo após Pelé

+ Experientes ou estreantes, 32 técnicos buscam a Copa do Mundo

Conhecido no México pelo estilo conciliador e apreciador de conversas em campo, Ramos estreou no apito da elite mexicana em 2011. Nos últimos anos, ele chegou ao ápice da carreira. Neste ano, atuou na final do Campeonato Mexicano, entre Santos Laguna e Toluca. No fim de 2017, a principal partida dele foi a final do Mundial de Clubes entre Real Madrid e Grêmio, nos Emirados Árabes Unidos.

Ramos tem no currículo outras atuações em torneios internacionais como o torneio olímpico de futebol dos Jogos do Rio-2016, dois Mundiais sub-20, além de competições de clubes como a Copa Libertadores e a Copa dos Campeões da Concacaf. Ele está no quadro da Fifa desde 2014 e vai trabalhar na estreia da seleção ao lado dos auxiliares compatriotas Marvin Torrentera e Miguel Hernandez. O panamenho John Pitti foi definido como quarto árbitro da partida.

Na Copa passada, curiosamente, um outro mexicano trabalhou na partida mais marcante do Brasil. O agora aposentado Marco Rodríguez apitou a derrota por 7 a 1 diante da Alemanha, no Mineirão, em Belo Horizonte. Uma coincidência é que na estreia brasileira na Copa de 2006, contra a Croácia, em Berlim, também foi um árbitro do México o responsável por conduzir a partida. Na ocasião o papel coube a Benito Archundia.

A equipe do técnico Tite viaja a Rostov-on-Don na noite desta sexta-feira, no horário da Rússia. No sábado a seleção faz o último treino no estádio da estreia. O jogo no domingo contra a Suíça será às 15h de Brasília.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.