Mexicano Querétaro confirma contratação de Ronaldinho Gaúcho

Ex-meia do Atlético Mineiro vai reforçar o clube, conhecido como 'Gallos Blancos', anunciou o dono da equipe pelas redes sociais

O Estado de S. Paulo

05 Setembro 2014 | 22h16

Em um destino que poucos poderiam imaginar, o meia Ronaldinho Gaúcho acertou nesta sexta-feira um contrato de duas temporadas com o até agora desconhecido Querétaro, equipe de cidade homônima do México, que joga a primeira divisão do país da América do Norte. Em um comunicado em seu site oficial, divulgado na noite desta sexta-feira, a direção do clube mexicano confirma a chegada do craque brasileiro, um dos melhores jogadores de sua geração.

Com 34 anos e Bola de Ouro da Fifa em 2004 e 2005, é a primeira vez que Ronaldinho Gaúcho se aventura em um clube sem tanta tradição no futebol. O meia começou a carreira no Grêmio, onde se tornou profissional em 1999. Pouco tempo depois, se transferiu para o futebol europeu, onde jogou por Paris Saint-Germain, Barcelona e Milan. Em 2011, voltou ao Brasil e foi para o Flamengo. No ano seguinte, deixou o Rio e se mudou para Belo Horizonte, onde brilhou no Atlético Mineiro.

Por coincidência, como aconteceu no Atlético, Ronaldinho Gaúcho jogará em um time que também tem o apelido de Galo. Os "Gallos de Querétaro" já conquistaram três títulos no México - Clausuras de 2005 e 2006 e o Apertura de 2008. As cores do clube são as mesmas do Grêmio - azul, preto e branco. Ronaldinho, que brilhou no Barcelona, se transfere para o futebol mexicano depois de deixar o Atlético Mineiro, também conhecido como Galo, onde ajudou a conquistar a Copa Libertadores em 2013.

Antes de ser oficializada, a negociação, revelada pela imprensa mexicana, foi confirmada pelo presidente do clube, Adolfo Rio. "Temos que ser muito cautelosos. Será oficial quando estiver concluída (a negociação) e isso terá que vir da parte dos donos (do clube)", disse o dirigente, em entrevista à rede de TV Televisa.

A transferência só poderia acontecer até esta sexta, uma vez que o mercado de transferências internacionais seria fechado na América do Norte. O Querétaro trocou de donos recentemente. O antigo proprietário do clube, Amado Yáñez, foi preso por fraude bancária. Assim, o clube passou para as mãos das autoridades tributárias mexicanas. Recentemente, o Grupo Imagem, um consórcio de meios de comunicação locais, adquiriu as ações.

Ronaldinho Gaúcho está sem clube desde o fim de julho, quando se desligou do Atlético. Ele chegou a negociar com o Palmeiras, mas não houve acordo. No México, terá como companheiros os atacantes Danilinho (ex-Atlético Mineiro) e William (ex-Palmeiras), além do veteraníssimo Sinha, de 38 anos.

Mais conteúdo sobre:
futebol mercado da bola Ronaldo Gaúcho

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.