México bate Chile e se classifica

O México obteve a classificação para as semifinais da Copa América ao vencer o Chile por 2 a 0, neste domingo, em Pereira, na abertura das quartas-de-final da Copa América. O resultado foi justo. A equipe sul-americana, que passa por uma reformulação, depois de uma fraca atuação no primeiro tempo, reagiu, mas não evitou a desclassificação. O juiz brasileiro, o gaúcho, Carlos Eugênio Simon, cometeu dois erros graves no primeiro tempo, um para cada lado: ele anulou um gol legítimo do México e não marcou um pênalti a favor do Chile.O primeiro gol da partida foi marcado por Arellano aos 18 minutos do primeiro tempo. Ele recebeu um passe, de cabeça, de Reys, livrou-se de um zagueiro na área e completou para o gol. O México passou a dominar o jogo. Arellano, o destaque da partida, continuou dando trabalho para a defesa adversária, com jogadas rápidas na entrada da área.No segundo tempo, o Chile tentou a reação. Armou-se melhor no ataque, mas o México, com um bom sistema de marcação, e explorando os contra-ataques, conseguiu garantir a vitória. O gol que definiu o jogo foi marcado por Osorno aos 33 minutos do segundo tempo, justamente no momento em que o Chile tentava, no desespero, empatar a partida. Aos 43 minutos, Morales quase marcou o terceiro gol do México.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.