México e Uruguai lutam por 3.º lugar da Copa América

Com derrota para o Brasil, uruguaios têm ´que ganhar por respeito´ ao país

14 de julho de 2007 | 08h06

Enquanto todas as atenções estão voltadas para a final entre Brasile Argentina, marcada para este domingo, Uruguai e México se enfrentam neste sábado em busca de uma despedida vitoriosa da Copa América. Assim, uruguaios e mexicanos jogam a partir das 18 horas (horário de Brasília), em Caracas, na disputa do terceiro lugar.O clima já é de despedida nas duas seleções, mas México e Uruguai prometem empenho no jogo deste sábado, para sair da Copa América com o terceiro lugar.No lado mexicano, dois titulares são desfalque. O zagueiro Rafa Marquez foi liberado pela comissão técnica e já está em férias. E o meio-campista Torrado irá cumprir suspensão.Mas nada disso tira o entusiasmo do técnico Hugo Sánchez. "Temos que cumprir esse compromisso e temos total interesse nele, em busca do terceiro lugar. Queremos nos despedir com o terceiro lugar", afirmou o comandante da seleção mexicana, que já foi terceira colocada da Copa América duas vezes: 97 e 99.Do lado uruguaio, o discurso é o mesmo. Apesar do desfalque do meia-atacante Recoba, com uma contusão muscular, a seleção do Uruguai mostra entusiasmo para disputar o terceiro lugar da Copa América. "Vamos em busca somente da vitória", prometeu o técnico Oscar Tabárez.O problema do Uruguai, no entanto, é o desânimo depois da derrota nas semifinais, quando perdeu para o Brasil na decisão por pênaltis. Mas o defensor Scotti apelou para o nacionalismo para motivar os companheiros. "Estamos representando nosso país e temos que ganhar por respeito aos 3 milhões de uruguaios, por nossa família, pelos amigos e por nossa pátria", disse o jogador. MÉXICO X URUGUAIMéxico - Ochoa; Castro, Magallón, Fausto Pinto, Francisco Rodríguez; Jaime Correa, Lozano, Guardado e Arce; Castillo e Cacho. Técnico: Hugo Sánchez.Uruguai - Carini; Lugano, Scotti e Darío Rodríguez; Fucile, Pérez, Pereira, García e Cristian Rodríguez; Sánchez e Forlán. Técnico: Oscar Tabárez.Árbitro - Mauricio Reynoso (Equador).Horário - 18 horas (horário de Brasília).Local - Estádio Olímpico, em Caracas (VEN).

Tudo o que sabemos sobre:
Copa América

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.