Yuri Cortez/EFE
Yuri Cortez/EFE

México faz 1º treino aberto na Rússia e 'sela paz' com torcida após escândalo

Elenco teria se irritado com críticas recebidas após boatos sobre noitada regada a álcool e acompanhantes de luxo

Glauco de Pierri, enviado especial / Moscou, O Estado de S.Paulo

12 Junho 2018 | 14h46

Em clima de festa, a seleção mexicana aproveitou o primeiro treino aberto em solo russo para "fazer as pazes" com o seu torcedor. Após o escândalo de uma festa envolvendo todo o elenco, e que teria contado com acompanhantes de luxo e muito álcool, o que acabou sendo desmentido depois, o grupo foi a campo nesta terça-feira no distrito de Strogino, distante 30 quilômetros do centro de Moscou. O trabalho foi descontraído e teve um coletivo leve, com o técnico Juan Carlos Osorio paralisando principalmente para corrigir o posicionamento na hora da marcação.

Lopetegui é anunciado como técnico do Real Madrid e deixará a Espanha após a Copa

Mbappé sofre pancada no tornozelo esquerdo e deixa treino da França

Hazard prevê vitória belga sobre o Brasil e título no Mundial

O grupo foi a campo por volta das 17h30 de Moscou, 11h30 no horário de Brasília. Primeiro, os três goleiros foram para um trabalho específico e o titular Ochoa foi o mais exigido. Depois, com todo o grupo no gramado, Osorio conversou por cinco minutos, distribuiu os coletes e fez um coletivo simples em campo reduzido, mas que teve intensidade. O treinador queria que a marcação ficasse mais atenta às subidas pelos lados do campo mas, ao mesmo tempo, exigia de seus jogadores saídas para o ataque principalmente pelos lados.

Osorio mandou a campo entre os titulares Jesús Corona e Edson Álvares e deixou 'Memo' Ochoa e Héctor Moreno entre os reservas, o que aumentou a dúvida sobre os jogadores titulares para a estreia da equipe, domingo, contra a Alemanha, às 18h (horário de Brasília), em Moscou.

"Para o próximo jogo já temos bem definidos o que pensamos e o que precisamos fazer em termos de estratégia. Já sabemos que equipe vai jogar. Vamos melhorar a parte de fazer os gols. Se posso corrigir alguma coisa será a nossa eficácia e nesse aspecto sempre tentaremos melhorar", afirmou o treinador após a partida do último final de semana, contra a Dinamarca.

 

Ao final da atividade, o cantor colombiano Maluma apareceu no campo. O artista arrancou arriscou um chute a gol de longe (ele errou feio), fez vídeos, tirou fotos com os jogadores e com torcedores, que cantaram sua principal música, 'Felices los 4', na arquibancada. "Parceiro! Ao fim do nosso primeiro treino na Rússia, Maluma passou para nos saudar. Deixando boas vibrações!". Esta foi a mensagem postada na conta do time mexicano no Twitter logo após o final dos trabalhos desta terça.

Maluma será uma das atrações da cerimônia de abertura do Mundial, marcada para esta quinta-feira, no estádio Luzhniki, em Moscou, e começa meia hora antes de a Rússia enfrentar a Arábia Saudita, às 12 horas (de Brasília), no primeiro jogo desta Copa.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.