Matthew Stockman / AFP
Matthew Stockman / AFP

México só empata com a Jamaica e adia classificação na Copa Ouro

Para se garantir na briga pelo título, seleção mexicana precisa vencer Curaçao na próxima rodada

Estadão Conteúdo

14 de julho de 2017 | 08h46

Com uma pobre exibição, o México não foi além de um empate por 0 a 0 com a Jamaica, na noite de quinta-feira, no Sports Authority Field, em Denver, pela segunda rodada do Grupo C, adiando a sua classificação às quartas de final do torneio, que está sendo realizado nos Estados Unidos.

Atuais campeões da Copa Ouro, os mexicanos tiveram o maior controle da possa de bola, mas exibiram pouca profundidade na parte final do campo. Por isso, criaram poucas chances de gol na repetição da final da edição de 2015 do torneio.

O México, que disputa a competição sem as suas principais estrelas - elas foram aproveitadas na Copa das Confederações -, havia vencido as seis partidas anteriores contra a seleção jamaicana na Copa Ouro.

Com o resultado, o México se manteve na ponta do Grupo C, com quatro pontos, a mesma quantidade da Jamaica, que está em segundo lugar por ter marcado menos gols. No outro jogo da rodada, El Salvador superou Curaçau por 2 a 0, com gols de Gerson Mayen e Rodolfo Zelaya, aos 21 e aos 24 minutos do primeiro tempo. Assim, os salvadorenhos chegaram aos três pontos, em terceiro lugar no Grupo C, enquanto Curaçau está na lanterna da chave, ainda sem ter pontuado.

Na rodada final do Grupo C, no próximo domingo, o México vai encarar a seleção de Curaçau, enquanto a Jamaica terá El Salvador pela frente na rodada dupla agendada para San Antonio.

A Copa Ouro prossegue nesta sexta-feira com a rodada final do Grupo A. A Costa Rica enfrentará a Guiana Francesa e o Canadá medirá forças com a seleção de Honduras. Os dois primeiros colocados de cada uma das três chaves avançam às quartas de final, assim como os dois melhores terceiros colocados.

Tudo o que sabemos sobre:
Futebol InternacionalfutebolCopa Ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.