México supera o Uruguai é o terceiro na Copa América

Time dirigida pelo ex-jogador Hugo Sánchez fez 3 a 1, de virada, diante dos rivais

14 de julho de 2007 | 20h10

Pela terceira vez em sete participações na Copa América, a seleção do México garantiu neste sábado a terceira colocação do torneio ao derrotar o Uruguai por 3 a 1, no Olímpico de Caracas. A equipe asteca já havia ficado nesta colocação nas edições de 1997 (Bolívia) e 1999 (Paraguai). Eliminados pelo Brasil nas semifinais, os uruguaios saíram na frente aos 21 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento da esquerda de Pereira, o atacante Abreu se antecipou à zaga adversária e cabeceou para bater o goleiro mexicano Ochoa.Os mexicanos chegaram ao empate antes do intervalo. O zagueiro e capitão do time sul-americano, Diego Lugano, agrediu Blanco dentro da área e o juiz equatoriano Mauricio Reynoso marcou pênalti e ainda expulsou o ex-são-paulino. A penalidade foi convertida por Blanco.O México conseguiu a virada aos 22 da etapa complementar. Aproveitando o espaço deixado pela zaga uruguaia, Omar Bravo avançou sozinho e chutou da entrada da área para superar o goleiro Fabián Carini. A equipe dirigida pelo treinador Hugo Sánchez ampliou a vantagem na seqüência. Guardado mandou uma bomba de longe sem chances de defesa. A ainda bola bateu no travessão antes de entrar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.