Bruno Cantini/Atlético-MG
Bruno Cantini/Atlético-MG

Micale tira foco da Libertadores e prega reação imediata do Atlético-MG

Novo treinador tentará no fim de semana, contra o Coritiba, a primeira vitória no comando da equipe

Estadão Conteúdo

28 de julho de 2017 | 15h14

Depois de sua frustrante estreia no Atlético Mineiro, ao perder de 3 a 0 do Botafogo e ser eliminado da Copa do Brasil, o técnico Rogério Micale afirmou nesta sexta-feira que a equipe precisa esquecer a Copa Libertadores e concentrar todo o seu esforço no jogo deste domingo, contra o Coritiba, às 16h, no Couto Pereira, pelo Campeonato Brasileiro.

Apenas o 13º colocado da competição nacional, o Atlético Mineiro terá um jogo decisivo para sua temporada no dia 9 de agosto, quando recebe o Jorge Wilstermann (Bolívia) após ter perdido o jogo de ida por 1 a 0, pelas oitavas de final da Libertadores. Mas, para o treinador, o foco imediato deve ser a reação no Brasileiro.

"Não podemos ter um foco distante se temos algo tão importante agora como vai ser no final de semana. A gente sabe a importância que é a Libertadores, o que queremos com ela, mas pensamos muito no Coritiba, um jogo extremamente difícil. Precisamos pontuar e vamos pensar dessa forma até o momento de voltar todas as atenções para a Libertadores", destacou o treinador em entrevista coletiva.

Micale também enfatizou que agora não é o momento de já pensar no duelo seguinte do Atlético-MG no Brasileiro, contra o líder Corinthians, e reafirmou que o time precisa se concentrar no Coritiba. "Meu trabalho é diário, focado no próximo jogo. Temos um jogo importante contra o Coritiba, precisamos de um resultado positivo, depois temos o Corinthians, também precisamos melhorar. Não vamos pensar só lá. Lá é muito importante, queremos muito, mas temos que fazer nosso trabalho pensando no jogo do final de semana."

Confiante para o duelo, Micale lembrou que o bom desempenho fora de casa do Atlético-MG na competição pode ser um diferencial. "Temos de aproveitar essa situação de que, fora de casa, a equipe está se portando muito bem e tem dado resultados. Acho que vai ser um jogo bom e vamos nos fortalecer mentalmente para que a gente possa chegar lá e manter o que a gente vem fazendo fora de casa, que tem sido muito bom", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.