Bruno Cantini/Atlético-MG
Bruno Cantini/Atlético-MG

Michael se anima com estreia pelo Atlético-MG e pênalti defendido

Terceiro goleiro, ele estava sem atuar há dois anos e fez sua primeira partida oficial pelo clube

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de janeiro de 2020 | 00h32

O experiente Fábio Santos foi quem marcou o gol da vitória do Atlético-MG sobre o Uberlândia por 1 a 0, no Parque do Sabiá, pela primeira rodada do Campeonato Mineiro, mas o nome do jogo desta terça-feira foi o goleiro Michael.

O jogador, profissionalizado no Atlético, estava sem atuar há dois anos e fez sua primeira partida oficial pelo clube. Aos 41 minutos do primeiro tempo, Michael defendeu o pênalti cobrado por Felipe Alves.

"Graças a Deus consegui ajudar a equipe na defesa do pênalti. Estou há mais de dois anos sem jogar e estrear desse jeito é para animar qualquer um. Espero ter sequência, fazer grandes defesas e ajudar o Atlético, que está recheado de bons goleiros", disse goleiro de 24 anos.

Michael só teve uma oportunidade entre os titulares porque Victor ainda não está nas melhores condições físicas após ficar um longo período contundido e Cleiton está com a seleção brasileira sub-23 no Pré-Olímpico.

Quem também comemorou a estreia com vitória foi o zagueiro Gabriel, que retornou ao Atlético depois de ser emprestado ao Botafogo no ano passado. O defensor, porém, acredita que o time tem muito a melhorar.

"Estou muito feliz. São muitos anos de clube, sai, amadureci e voltei um novo Gabriel. Avalio como boa nossa estreia, mas ainda falta muito para a gente chegar no ideal. É um processo. Está todo mundo de parabéns pelo empenho, pela dedicação", afirmou Gabriel.

O Atlético volta a campo no domingo, contra o Tupynambás, no Independência, pela segunda rodada do Campeonato Mineiro.

Tudo o que sabemos sobre:
Atlético Mineirofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.