Gabriela Bilo/Estadão
Gabriela Bilo/Estadão

Michel Bastos é vítima de racismo nas redes sociais

Jogador do São Paulo mandou a torcida do clube se calar em jogo

Estadão Conteúdo

01 Novembro 2015 | 22h09

Tenho que ficar quieto ainda ???

Uma foto publicada por MB7 Oficial. (@mb7_oficial) em

O meia Michel Bastos, do São Paulo, foi vítima de racismo neste domingo nas redes sociais. Uma pessoa com o perfil "nanda_cominni" disse em uma das mensagens do atleta: "Macaco negro safado, respeita a torcida. Otário vagabundo, faz por merecer o dinheiro que recebe". O episódio é mais um de racismo no Brasil contra personalidades.

Após ver a declaração, Michel Bastos comentou em sua conta no Instagram. "Tenho que ficar quieto ainda???". Abaixo do comentário, diversos outros torcedores defendem o atleta e pedem para ele não ligar para as declarações racistas e preconceituosas.

No último sábado, Michel Bastos pediu silêncio para a torcida ao colocar o dedo na boca, após marcar o terceiro gol do São Paulo na vitória sobre o Sport. Recebeu muitas críticas e neste domingo pediu desculpas aos torcedores, assumindo que errou ao fazer o gesto. "Nada justifica isso, mas foi uma reação desmedida que acabei tendo por não concordar com quem vai ao estádio vaiar a própria equipe", disse.

O jogador não falou se pretende denunciar a conta que escreveu mensagens racistas para ele. Nos últimos dias, a atriz Taís Araújo teve insultos racistas em sua página do Facebook, fez a denúncia e já foi chamada para depor na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática.


Mais conteúdo sobre:
futebol São Paulo FC Michel Bastos racismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.