Gabriela Bilo
Gabriela Bilo

Doriva lamenta fúria de Michel e desconversa sobre Lugano: 'Não sei'

Camisa 7 manda a torcida se calar após marcar terceiro gol do jogo; Para técnico, zagueiro precisa ser avaliado antes de ser contratado

PAULO FAVERO, O Estado de S. Paulo

31 de outubro de 2015 | 20h25

Michel Bastos causou polêmica ao comemorar o terceiro gol da vitória do São Paulo contra o Sport, neste sábado, pedindo para a torcida ficar em silêncio. Após o duelo, o jogador não quis falar e saiu rapidamente do estádio. Para o técnico Doriva, não foi um gesto legal. "Infelizmente, ele não se conteve", afirmou o treinador.

Apesar do pequeno público, Michel estava sendo hostilizado por uma parte da torcida. Ao marcar o gol, ele reagiu. "A gente sabe que os nervos estão à flor da pele. Realmente não é fácil, principalmente no primeiro jogo após a eliminação na Copa do Brasil. Infelizmente aconteceu, mas é o que eu disse... O torcedor está chateado como nós, o bom é que a gente teve uma excelente performance com uma equipe muito qualificada", continuou Doriva.

O treinador também falou sobre a possível chegada do zagueiro Lugano, que voltou à lista de opções do clube com o novo presidente, Carlos Augusto Barro e Silva, o Leco. Mas Doriva garante que ele não tem de vir somente pela fama. "Sinceramente, não sei. A gente tem de avaliar melhor e ver como ele está. Não basta ter sido um grande ídolo, tem de estar em um bom momento dentro de campo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.