Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Michel Bastos compara Palmeiras a Real Madrid: 'Busca os melhores'

Meia diz que poderio do clube para contratar jogadores se assemelha ao de times tradicionais europeus

O Estado de S. Paulo

30 Janeiro 2018 | 11h00

O meia Michel Bastos, do Palmeiras, elogiou nesta segunda-feira a postura do clube em investir em reforços renomados para o elenco. Em entrevista ao SporTV, o jogador afirmou que a diretoria acerta ao ser ambiciosa e não se acomodar para buscar contratações, postura que permite a equipe a ser comparada a grandes da Europa como Real Madrid e Barcelona.

+ Semana livre aumenta expectativa por estreia de Scarpa

+ Clube registra receita recorde de R$ 531 milhões

"Posso dizer que estou em um clube que se iguala a muitos clubes europeus. Vemos que Real Madrid, Barcelona e clubes da Inglaterra buscam os melhores jogadores do mundo o ano inteiro. O Palmeiras vem fazendo isso. É positivo e benéfico para o clube, que é ambicioso e quer fazer história", afirmou o atleta, que está no Palmeiras desde o começo de 2017.

Michel Bastos começou o ano como reserva do Palmeiras e recebeu a chance de atuar contra o Bragantino. O técnico escalou o jogador como lateral esquerdo titular na vitória por 2 a 0 em Bragança Paulista. "São 30 titulares, então quer dizer que todos disputam uma posição dentro da equipe. Uma equipe que tem bastante jogador de qualidade. Isso mostra que a concorrência é para todos, então todos terão oportunidade se estiverem bem", disse o meia.

Mesmo sem ser titular, o jogador elogiou a postura do treinador Roger Machado em conduzir as conversas com o elenco. "Ele teve a oportunidade de antes de entrarmos de férias conversar com todos os jogadores. Mostrou o interesse dele de contar com todos esses jogadores que estão no elenco do Palmeiras. Isso é positivo. Sentir a confiança do treinador", comentou.

Mais conteúdo sobre:
futebol Palmeiras Michel Bastos

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.