Érico Leonan|Divulgação
Érico Leonan|Divulgação

Michel Bastos inicia transição no campo e é dúvida para o clássico

Meia pode ser novidade na equipe para clássico contra o Santos

Estadão Conteúdo

21 de março de 2016 | 14h54

Michel Bastos foi a novidade do São Paulo na reapresentação do elenco após o empate com o Ituano por 1 a 1, no domingo. O meia iniciou a transição do REFFIS para os trabalhos no campo nesta segunda-feira, mas ainda não sabe se terá condições de voltar ao time a tempo de jogar o clássico com o Santos, domingo, pelo Paulistão. Para o duelo de quarta, contra o Botafogo, seu retorno já está descartado.

Michel correu no gramado em mais uma etapa de sua recuperação. Ele está afastado do time desde o dia 13 em razão de uma contratura muscular na coxa direita. Depois do trabalho no campo, ele voltou aos exercícios fisioterápicos no departamento médico. Não há data definida para seu retorno completo aos treinos físicos.

Os demais jogadores do São Paulo tiveram uma conversa com o técnico Edgardo Bauza antes de serem divididos em dois grupos. Os titulares de domingo foram encaminhados a um trabalho regenerativo, enquanto os outros fizeram trabalho técnico em campo reduzido. O lateral Bruno e o volante Hudson integraram este grupo após cumprirem suspensão no fim de semana.

Para os dois próximos jogos, Bauza terá dois desfalques certos no time. O zagueiro Rodrigo Caio vai defender a seleção brasileira olímpica em dois amistosos, enquanto o lateral-esquerdo Mena jogará pelo Chile nas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.