José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Michel Bastos pede mais companheirismo ao time dentro de campo

Meia do São Paulo quer que elenco assuma nova postura na crise

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

08 de abril de 2015 | 10h00

Depois da saída do técnico Muricy Ramalho os jogadores do São Paulo admitem que a hora é de mostrar um futebol melhor. O experiente meia Michel Bastos, de 31 anos, disse nesta terça-feira em entrevista coletiva que o momento é do elenco assumir a responsabilidade para jogar mais e fazer o clube reagir.

"Já comentei e já foi falado que chegou a hora da gente assumir a responsabilidade de sair dessa situação", comentou. "No ano passado, mostramos técnica e entrosamento com a bola. Sem a bola tínhamos garra e vontade. Nesse ano estamos menos parceiros, companheiros um do outro. Isso é o que está faltando", explicou.

Michel Bastos treinou entre os reservas nesta terça-feira para o jogo contra Portuguesa, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista. Na partida o Tricolor será comandado pelo interino Milton Cruz, que fica no cargo até a diretoria achar um novo nome para substituir Muricy. "O treinador que vier tem que fazer a gente mostrar um pouco a mais. Temos que cumprir a ordem dele e tentar mudar essa situação".


O dia de treinos no São Paulo começou com uma despedida. Muricy foi ao CT da Barra Funda para se despedir do elenco e em um rápido encontro com os jogadores, explicou que sai para cuidar da saúde. Ao fim da conversa, abraçou os atletas. "Ele foi até o limite dele e se está tomando essa decisão, a gente tem que entender", disse Michel. O ex-técnico do time tenta se recuperar de uma diverticulite sofrida em janeiro.

"Ficamos tristes com a saída do Muricy, mas vamos levantar a cabeça e manter o foco nos jogos importantes que teremos pela frente", afirmou o volante Hudson ao site oficial do clube. "A gente tem que trabalhar e colocar a cabeça no lugar. A pressão por resultados segue a mesma e, por isso, temos que mostrar dentro de campo", comentou o zagueiro Rodrigo Caio.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCMichel Bastos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.