Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Michel Bastos volta a treinar e deve jogar clássico pelo São Paulo

Meia está recuperado de dores no músculo posterior da coxa

CIRO CAMPOS, O Estado de S. Paulo

26 de junho de 2015 | 12h06

O meia Michel Bastos, do São Paulo, voltou a treinar na manhã de sexta-feira e deve atuar no clássico de domingo com o Palmeiras, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro. Após dar um susto e deixar o treino da tarde de quinta-feira com dores no músculo posterior da coxa direita, o jogador participou normalmente da atividade no CT da Barra Funda e ganha chance de ser titular na partida.

O técnico Juan Carlos Osorio comandou um treino secreto durante uma hora. Os jornalistas só tiveram acesso ao local quando o elenco fazia um trabalho tático em campo reduzido com as equipes mescladas entre reservas e titulares. O goleiro Rogério Ceni voltou a trabalhar normalmente e antes dúvida por ter sofrido um estiramento na coxa direita, deve retornar à equipe após ser desfalque na última rodada, quando Renan Ribeiro atuou contra o Avaí.

Michel Bastos havia deixado o treino de quinta-feira antes dos demais colegas. Segundo o São Paulo, o jogador não precisou ser submetido a exames e nem tomou medicamentos para aliviar a dor. Como o meia trabalhou normalmente nesta sexta pela manhã, a comissão técnica vai acompanhar como ele vai se sentir na parte da tarde para confirmar se terá ou não condições de jogar no domingo.

A escalação do São Paulo para enfrentar o Palmeiras é uma incógnita e só deve ser definida no sábado pela manhã, quando Osorio faz o último treino, em nova atividade secreta. A tendência é que o time titular tenha: Rogério Ceni; Bruno, Dória, Rafael Toloi e Carlinhos; Souza, Hudson, Thiago Mendes, Paulo Henrique Ganso e Michel Bastos; Luis Fabiano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCMichel Bastos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.