Michel busca novos rumos no Goiás

O lateral-direito Michel trocou o Santos pelo Goiás onde se apresentou nesta terça-feira e prometeu num primeiro contato com o técnico Candinho recomeçar sua vida. "Vida nova, novo clube e novo ânimo é o meu objetivo", foi logo avisando. Aos 25 anos de idade, o jogador deverá estrear na partida contra o Paraná (quinta-feira às 20h em Curitiba) ou na partida contra o Cruzeiro (domingo, 16 horas no Mineirão): "Ele está em condições de jogo, treinou e está escalado mas depende da liberação dos seus papéis pela CBF", explicou o técnico Candinho.O jogador relembrou o período em que ficou suspenso, no ano passado, ao ser flagrado num exame antidoping por uso de maconha: "Eu dei a volta por cima, amadureci, e passei a levar a sério a minha vida profissional", disse o lateral. Descontraído, com reluzentes brincos de ouro nas orelhas, aparelho na boca para eliminar a oclusão nos dentes, e uma barbicha do tipo "gênio da lâmpada", como brincaram seus novos colegas, em poucas horas Michel se integrou ao grupo.Sem mágoas de Leão ou do Santos, seu ex-clube, Michel deixa no ar que ficar na reserva foi a sua motivação para trocar de clube: "Lá (no Santos) eu era só uma opção (do técnico)", disse ele, referindo-se ao revezamento que fazia com Elano e Reginaldo. "Agradeço ao professor Leão por tudo mas espero obter uma nova oportunidade desta vez no Goiás", disse Michel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.