Gustavo Oliveira/Divulgação
Gustavo Oliveira/Divulgação

Miguel Ángel Portugal deixa o comando do Atlético-PR

Espanhol não resiste à sequência de tropeços no início do Brasileirão

Agência Estado

19 de maio de 2014 | 11h46

CURITIBA - O Atlético Paranaense comunicou nesta segunda-feira que o técnico Miguel Ángel Portugal deixou o comando do time. A saída do treinador se dá apenas um dia após o time somente empatar por 1 a 1 com a Chapecoense, em Maringá, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

"Na data de hoje (19), o técnico Miguel Ángel Portugal e o preparador físico Gonzalo Abando deixam o comando da equipe principal do Clube Atlético Paranaense. O CAP agradece o trabalho de ambos no período em que ficaram à frente do time atleticano", anunciou o clube, em nota publicada no seu site oficial.

Miguel Ángel Portugal assumiu o comando do Atlético-PR no início do ano e não teve sucesso à frente do time. Na Copa Libertadores, a equipe até avançou para a fase de grupos, mas não conseguiu se garantir nas oitavas de final. Já no Campeonato Brasileiro, o time venceu na estreia, diante do Grêmio, mas tropeçou nas quatro rodadas seguintes.

Além disso, o substituto de Vagner Mancini, que havia conduzido a equipe ao vice-campeonato da Copa do Brasil e ao terceiro lugar no Brasileirão, nunca angariou a simpatia dos torcedores. A diretoria do Atlético-PR ainda não definiu o substituto de Miguel Ángel Portugal para a sequência do Brasileirão e também a disputa da Copa do Brasil.

Em 13º lugar no Brasileirão, com cinco pontos, o time volta a entrar em campo na próxima quarta-feira, às 22 horas, quando vai enfrentar o Corinthians no Estádio do Canindé, em duelo válido pela sexta rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.