Milan aceita negociar Kaká com o Real Madrid, diz jornal

O Milan já está preparando uma estratégia para ter Ronaldinho Gaúcho na próxima temporada, dentro da qual aceitou negociar o meia Kaká com o Real Madrid, embora pedindo em troca uma quantia não definida e mais Robinho, o francês Diarra e o italiano Cannavaro, afirmou hoje o jornal espanhol As.O clube italiano "voltou atrás em sua negativa a negociar com o Real Madrid por Kaká, e está disposto a transferir o craque brasileiro ao time merengue no final da temporada", diz o diário.Segundo o As, o representante do Milan, Adriano Galliani, expressou a nova posição do clube durante as reuniões relativas à transferência de Ronaldo do Real ao time italiano realizadas nos dias 29, 30 e 31 de janeiro, nos escritórios do estádio Santiago Bernabéu, com Pedja Mijatovic e Franco Baldini, do clube espanhol.O jornal espanhol diz ainda que a mudança de estratégia do Milan deve-se ao interesse do clube por contar, a partir da temporada 2008/2009, com Ronaldinho Gaúcho, atual estrela do Barcelona."O proprio Galliani, mas fundamentalmente o dono do clube, Silvio Berlusconi, estão absolutamente decididos a contratar Ronaldinho para a próxima temporada", afirma o As, segundo o qual o irmão e representante do craque do Barça, Roberto de Assis, já deu o ´ok´ à transferência.Assim, o clube italiano não quer ter duas estrelas brigando pela mesma posição, numa tentativa de evitar uma espécie de ´síndrome do quadrado mágico´. Além disso, usaria o dinheiro pago pelo Real para começar a ofensiva por Ronaldinho."Para Berlusconi, não há dúvidas: entre Kaká e Ronaldinho, a prioridade é do atual craque do Barcelona, que além disso se transformaria em uma bomba no Calcio dividindo o ataque com o próprio Ronaldo", concluiu o diário.Milan nega rumores e ironiza o AsEm nota publicada no site do clube, o Milan negou os rumores de uma transação com o Real Madrid envolvendo Kaká e foi irônico com o jornal espanhol. "Durante as negociações por Ronaldo, o dirigente do Milan, Adriano Galliani, jamais fez qualquer alusão a a Kaká, e nem Pedrag Mijatovic ou Franco Baldini nunca falaram de Kaká para os representantes do Milan. Está claro? As, estamos falando com vocês. Temos muitos assuntos que possam interessar a vocês, mas se quiserem uma manchete, vejam esta: ´Kaká não sai do Milan´".*Atualizado às 12h

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.