Milan acelera para ter Luis Fabiano

O Milan não quer perder a chance de contratar Luís Fabiano e vai tentar fechar logo um acordo com o São Paulo. Mas, para alívio dos torcedores são-paulinos, o artilheiro só se apresentaria na Itália em junho, depois de disputar a Copa Libertadores. A informação foi divulgada por um site de propriedade de Silvio Berlusconi, dono do Milan e primeiro ministro da Itália.O interesse do clube por Luís Fabiano vem desde o ínício do Campeonato Brasileiro e aumentou depois que Kaká virou uma sensação na Itália e o artilheiro desandou a fazer gols por aqui.Ariedo Braida, diretor-geral do Milan, passou 10 dias no Brasil e voltou segunda-feira para a Itália animado com o que viu. Ele comentou com pessoas próximas que Luís Fabiano é um grande jogador e que vale o investimento.O clube tem intenção de acelerar a negociação para não correr o risco de vê-lo parar em outro time, como Inter e Manchester United. A multa rescisória de Luís Fabiano está fixada em US$ 15 milhões, mas o Milan tem esperança de conseguir um preço melhor ? como foi no caso de Kaká, que tinha uma multa de US$ 20 milhões e acabou sendo contratado por US$ 8,2milhões.Ele só não poderá ser inscrito pelo Milan já para esta temporada por uma questão legal: com a contratação de Kaká, o clube já inscreveu um novo extra-comunitário (que não tem passaporte de nenhum país da União Européia) para o campeonato. O Milan imaginava que, liberando Rivaldo em janeiro, poderia substituir sua inscrição pela de outro extra-comunitário. Mas foi informado de que não será possível.Com isso, pensa em contratar um atacante barato por seis meses de empréstimo (Hubner, do Ancona, ou Rocchi, do Empoli) para reforçar o setor. E a partir de junho contar com os gols de Luís Fabiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.