Milan admite interesse na contratação de Júlio Baptista

Se acordo for fechado, meia será o sexto brasileiro no atual campeão da Liga; Pato também está nos planos

31 de julho de 2007 | 19h07

Júlio Baptista pode ser mais um jogador brasileiro no Milan, que já conta com Dida, Cafu, Serginho, Kaká e Ronaldo. Nesta terça-feira, o vice-presidente do clube italiano, Adriano Galliani, confirmou o interesse na contratação do meia-atacante que está no Real Madrid.Galliani já teve uma reunião com o diretor esportivo do Real Madrid, Peja Mijatovic, para negociar Júlio Baptista, que acabou de voltar ao clube espanhol depois do empréstimo ao Arsenal, da Inglaterra. "Se eles aceitaram nossa oferta, ótimo. Se não, não haverá acordo", afirmou o dirigente do clube italiano.O dirigente italiano, inclusive, negou reportagem desta terça-feira do jornal espanhol Marca. Segundo a publicação, Júlio Baptista seria incluído numa negociação envolvendo a ida de Kaká para o Real - o atacante italiano Cassano também entraria no acordo, como parte do pagamento ao Milan, atual ganhador da Liga dos Campeões da Europa. Somado a isso, os espanhóis ainda pagariam 55 milhões de euros (cerca de R$ 141 milhões)."Peja sabe que não adianta mais falar comigo sobre Kaká. O garoto vai ficar com a gente por mais quatro anos", avisou Galliani, que desmentiu a existência de uma nova oferta do Real pelo astro brasileiro. "E Cassano nem foi mencionado na nossa conversa."Além de Júlio Baptista, outro brasileiro está nos planos do Milan. É o atacante Alexandre Pato, revelação do Internacional. O clube italiano, inclusive, vai enviar um representante ao Brasil para negociar com o jovem jogador. O ex-jogador brasileiro Leonardo, que trabalha como dirigentes no Milan, desembarca em Porto Alegre nesta quarta-feira, segundo o jornal La Gazzetta dello Sport - a oferta pelo atleta gira em torno de 22 milhões de euros (cerca de R$ 56 milhões).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.