Milan ameaça processar a CBF

A convocação do zagueiro Roque Júnior, do Milan, para a Seleção Brasileira, que fará amistosos nos Estados Unidos (dia 03) e no México (07) poderá implicar num processo por perdas e danos do clube italiano contra a Confederação Brasileira de Futebol. A ameaça foi feita nesta terça-feira pelo vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, furioso porque a CBF, segundo afirmou, teve uma postura diferente a respeito de outros jogadores brasileiros que atuam na Espanha, e que não foram chamados pelo técnico Leão. "O Real Madri ficou com o Roberto Carlos e o Barcelona, com o Rivaldo. Os dois times, assim como o Milan, tem partidas pela liga e as copas européias no período dos amistosos. Por que só o Roque Júnior foi convocado para um giro que todos sabemos do que se trata?, perguntou o dirigente, se referindo aos compromissos da seleção brasileira com a Nike. O vice-presidente do Milan já consultou os advogados do clube para pedir explicações à CBF. Dependendo da resposta, já avisou que entrará com uma demanda judicial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.