Milan anuncia a contratação de Ronaldinho Gaúcho

Clube italiano chega a acordo com o Barcelona e fecha com o jogador brasileiro até 2011

Agências internacionais,

15 de julho de 2008 | 18h21

Acabou a novela. A diretoria do Milan anunciou na noite desta terça-feira a contratação do brasileiro Ronaldinho Gaúcho, que estava no Barcelona. O jogador realizará exames médicos em Milão nesta quarta-feira e assinará contrato até 2011.  Veja também:O desempenho de Ronaldinho nos clubes Ronaldinho dará certo no Milan? Curiosidades da carreira de Ronaldinho Gaúcho   Que Ronaldinho não seja o Ronaldo Ronaldinho reforça legião brasileira no Milan  O Milan conseguiu a contratação depois de uma longa negociação com o Milan. O clube italiano desembolsou 25 milhões de euros pelo jogador (cerca de R$ 65 milhões, dos quais R$ 10 milhões serão pagos em bônus) - o Milan venceu a disputa com o Manchester City, que também queria o atleta. "Ronaldinho chegará a Milão nesta quarta-feira para realizar todos os procedimentos necessários para a contratação", informou Joan Laporta, presidente do Barcelona. "Valorizo o esforço realizado pelo Milan para a contratação do jogador." O irmão e representante de Ronaldinho, Roberto de Assis, foi peça fundamental na transação. Ele abriu mão de 15% da negociação, segundo afirmou o diretor esportivo do Barcelona, Txiki Beguiristain. Ronaldinho estava fora dos planos do Barcelona para a temporada 2008/2009. O jogador perdeu prestígio no clube devido ao fracasso nas últimas competições. O atleta também recebia críticas pelo excesso de peso e as "noitadas". Nos Jogos Olímpicos de Pequim, Ronaldinho Gaúcho será uma das principais apostas do técnico Dunga para tentar a conquista do ouro inédito. Ele é um dos três atletas acima de 23 anos convocados para a Olimpíada - os outros são Robinho e Thiago Silva.  Atualizado às 18h51 para acréscimo de informação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.