AFP
AFP

Milan cai em casa para a Sampdoria e chega à quarta derrota seguida na temporada

Última vitória da equipe rubro-negra aconteceu no dia 12 de janeiro

Estadao Conteudo

05 Fevereiro 2017 | 11h50

O Milan deu sequência a seu péssimo momento na temporada e caiu diante da Sampdoria neste sábado, por 1 a 0, mesmo atuando em casa, pelo Campeonato Italiano. A equipe rubro-negra abusou dos gols perdidos e foi castigada em pênalti cobrado pelo colombiano Muriel, que selou sua quarta derrota consecutiva.

O último triunfo do Milan aconteceu no dia 12 de janeiro, sobre o Torino, pela Copa da Itália. Quatro dias antes, o time venceu pela última vez no Italiano, contra o Cagliari. Já são cinco partidas consecutivas sem triunfos, sendo quatro pelo Italiano: empate com Torino e derrotas para Napoli, Udinese e Sampdoria.

O resultado manteve o Milan fora da zona de classificação para as competições europeias, somente na oitava colocação, com 37 pontos. Melhor para a Sampdoria, que subiu para 30 pontos e ocupa a décima posição.

O Milan dominou o primeiro tempo mas teve dificuldades para infiltrar na defesa da Sampdoria. Em uma rara oportunidade, Bacca desperdiçou. Na etapa final, no entanto, os donos da casa encontraram mais espaços e demoraram somente dois minutos para criar ótima chance. Bacca ficou com a sobra na área, pela esquerda, teve tempo para pensar e tocou cruzado, na trave.

O time da casa era amplamente superior, mas em uma bobeira na defesa, acabou sofrendo o gol. Aos 23 minutos, Muriel recebeu na área, fez o giro sobre Paletta e foi tocado por baixo. O árbitro viu pênalti, que o próprio atacante colombiano cobrou no canto esquerdo, deslocando Donnarumma, para marcar.

Atrás no placar, o Milan foi para cima nos minutos finais e voltou a desperdiçar uma chance incrível aos 42 minutos. Lapadula recebeu enfiada perfeita de Suso e ficou sozinho na área, com tempo para ajeitar para o pé esquerdo e finalizar firme quase na pequena área. Mas o goleiro Viviano se jogou no canto certo e espalmou. No rebote, ainda fez outra grande defesa para segurar o triunfo.

Se a situação milanesa já era difícil, ficou ainda mais complicada nos acréscimos, quando o meio-campista José Sosa cometeu falta no meio de campo para parar contra-ataque, recebeu o segundo amarelo e foi expulso, encerrando qualquer chance de reação.

Na próxima quarta-feira, o Milan viaja para tentar a recuperação contra o Bologna, novamente pelo Campeonato Italiano. Já a Sampdoria descansa no meio de semana e só joga no domingo que vem, curiosamente contra o mesmo Bologna.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.