AP
AP

Milan contrata Torres em definitivo e deve repassá-lo em breve

Atacante espanhol não pertence mais ao Chelsea é o provável novo reforço do Atlético de Madri, clube onde começou a carreira

Estadão Conteúdo

27 de dezembro de 2014 | 17h29

O Milan anunciou nesta sexta-feira a contratação do atacante Fernando Torres em definitivo, junto ao Chelsea. O jogador estava emprestado ao time italiano por duas temporadas e agora deixa de ter qualquer vínculo com os ingleses. Este deve ser mais um passo na negociação do espanhol com o Atlético de Madrid.

Torres passará a ser jogador do Milan a partir do próximo dia 5. Com isso, o clube italiano poderá fechar finalmente a negociação que vinha sendo tão especulada nas últimas semanas: enviar o espanhol para o Atlético de Madrid e receber, em troca, Alessio Cerci.

"O atacante foi para San Siro por empréstimo de dois anos em agosto e, no dia 5 de janeiro, vai completar uma transferência permanente para o time italiano", explicou o Chelsea. "O Milan comunica ter chegado a um acordo com o Chelsea para transformar a transferência de Fernando Torres em definitiva", anunciou o clube italiano.

Com o acerto a partir de 5 de janeiro, o retorno de Fernando Torres para o Atlético de Madrid deverá acontecer somente no ano que vem, com a abertura da janela para transferências na Europa. No entanto, há a possibilidade de que ele comece a treinar com o clube espanhol antes. O mesmo deve acontecer com Cerci no Milan.

No Atlético de Madrid, Torres buscará reviver seus melhores momentos, depois de péssimas passagens pelo Chelsea e pelo Milan. Foi justamente na capital espanhola que ele foi revelado e lá atuou de 2001 a 2007. Cerci, por sua vez, volta a seu país natal após ser pouco aproveitado pelo Atlético em seis meses de trajetória.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.