Milan dá última chance a Rivaldo

A maré não é das melhores para Rivaldo, que desembarcou no Milan como astro e agora é opção de banco. Nessa condição atual, o campeão do mundo está escalado para enfrentar o Empoli, neste sábado, na 29ª rodada do Campeonato Italiano. O titular da seleção na Copa de 2002 foi chamado pelo técnico Carlo Ancelotti, porque os titulares Rui Costa, Andrea Pirlo, Clarence Seedorf e Fernando Redondo se machucaram.?É a última chance de Rivaldo?, afirmaram os principais jornais do país. La Gazzetta dello Sport tem certeza de que, se o ex-ídolo do Palmeiras e do Barcelona não corresponder, estará reforçando a tese de que deve ser dispensado assim que terminar a temporada de 2002-03.O relacionamento de Rivaldo com Ancelotti se deteriorou nas últimas semanas. No sábado passado, entrou nos minutos finais no clássico em que o time derrotou a Internazionale por 1 a 0, pelo campeonato nacional. Na seqüência, teria ameaçado ir embora, porque não foi escalado para o jogo com o Perugia, na terça-feira, pela semifinal da Copa Itália. Os diários milaneses garantem que o incidente só não foi maior por intervenção direta de Leonardo. O ex-jogador e agora auxiliar da direção convenceu Rivaldo a não largar tudo. A explicação oficial para não ter ficado nem no banco foi uma contusão muito mal-explicada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.