Alberto Pellaschiar/AP
Alberto Pellaschiar/AP

Milan derrota Juventus nos pênaltis e volta a vencer

Equipe do técnico brasileiro Leonardo ganha nas penalidades máximas por 5 a 4 após 1 a 1 no tempo normal

Agencia Estado

17 de agosto de 2009 | 19h00

Após dez jogos sem vitória na pré-temporada, o técnico brasileiro Leonardo enfim pôde comemorar novamente um triunfo do Milan. Nesta segunda-feira, a equipe milanesa recebeu a Juventus no Estádio San Siro pelo torneio amistoso Troféu Luigi Berlusconi. No tempo normal, dois gols brasileiros - de Diego e Pato - e o empate por 1 a 1. Já nos pênaltis, deu Milan por 5 a 4.

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Vivendo sua primeira experiência como treinador, Leonardo não conseguia uma vitória desde o primeiro jogo pela pré-temporada, ainda no dia 12 de julho, quando o Milan venceu por 2 a 0 o modesto Varese, da terceira divisão italiana. Depois, foram quatro empates, contra Los Angeles Galaxy, Boca Juniors, Benfica e Juventus, e quatro derrotas, diante de América do México, Chelsea, Inter de Milão e Bayern de Munique. Além disso, a equipe disputou dois jogos de apenas 45 minutos, perdendo para a Juventus e novamente para a Inter.

No jogo desta segunda-feira, o Milan teve uma boa atuação. No primeiro tempo, estava melhor em campo quando Diego abriu o placar. Para marcar o seu segundo gol pela Juventus, o meia brasileiro contou com a sorte. Aos 28 minutos de jogo, ele chutou de fora da área e o zagueiro Thiago Silva, seu compatriota, tentou afastar o perigo, mas acabou encobrindo o goleiro Storari.

Em desvantagem, o Milan voltou animado para tentar o empate no segundo tempo. Controlando as ações do jogo, o time da casa conseguiu a igualdade aos 24 minutos. Enquanto o brasileiro Amauri perdeu boa chance de ampliar para a Juventus no início da etapa final, o atacante Alexandre Pato não desperdiçou o cruzamento de Abate e subiu livre para empatar de cabeça.

Nas penalidades, Storari defendeu a cobrança de Yago, que tinha entrado no lugar de Diego na Juventus. Já Felipe Melo converteu a sua penalidade pelo clube de Turim. Pelo Milan, depois que Ronaldinho Gaúcho já tinha feito o seu, Thiago Silva ficou com a responsabilidade de anotar o último pênalti e decretar a vitória de sua equipe no San Siro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMilanJuventusamistoso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.