Milan derrota Juventus por 3 a 1

Não houve torcida que adiantasse: o Milan não tomou conhecimento do fator campo e passou por cima da Juventus, em Turim, vencendo por 3 a 1 (dois gols de Seedorf e um de Shevchenko, contra um de Ferrara) e aumentando ainda mais sua vantagem no Campeonato Italiano, para sete pontos à frente da Roma, que não passou de um empate sem gols diante da Reggina.A Juventus continua em terceiro lugar, com 55 pontos ganhos. E não merecia melhor sorte mesmo na partida deste domingo. Já no primeiro tempo, com um gol do ucraniano Shevchenko, aos 25 minutos, os milaneses venciam. No segundo, fizeram 3 a 0 (gols de Seedorf, aos 18 e aos 30), antes de a Juventus fazer seu gol de honra, com o zagueiro Ferrara, aos 35.Kaká não fez gol, mas mereceu um grande elogio de Pelé em entrevista ao jornal Gazzetta dello Sport. Pelé comparou Kaká ao holandês Johan Cruyff. "Kaká está fazendo a diferença com sua velocidade. Vi poucos com a força que ele tem em sua idade e ele melhorou muito desde que começou a jogar na Itália. Aprendeu a marcar, coisa que não fazia no Brasil. Parece com Johan Cruyff", disse Pelé, que acrescentou: " é um rapaz sério, com base familiar e religiosa muito boa e sabe o valor do trabalho".

Agencia Estado,

14 de março de 2004 | 19h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.