Elisabetta Baracchi/EFE
Elisabetta Baracchi/EFE

Milan derrota o Sassuolo, se recupera no Italiano e sobe para o sétimo lugar

Equipe manteve controle do jogo mesmo com a ausência de Biglia, Bonaventura e Conti

Estadão Conteúdo

05 Novembro 2017 | 20h54

Em uma temporada com altos e baixos, o Milan conseguiu neste domingo se recuperar de dois resultados ruins ao bater o Sassuolo por 2 a 0, fora de casa, pela 12.ª rodada do Campeonato Italiano. Depois de perder o clássico para a Juventus, em Milão, e empatar com o AEK Atenas, na Grécia, pela Liga Europa, o time rubro-negro teve muito o que comemorar, já que subiu na tabela de classificação.

+ Confira a tabela do Campeonato Italiano

+ Leia mais notícias sobre futebol internacional

+ Juventus vence, ultrapassa Inter e cola no Napoli; Gerson faz 2 e Roma ganha fora

+ Éder marca, mas Inter só empata com o Torino e segue atrás do líder Napoli

Com os três pontos conquistados em Sassuolo, o Milan chegou a 19 e ultrapassou o Torino para assumir a sétima colocação. No entanto, a diferença para a Sampdoria, em sexto lugar e dentro da zona de classificação às competições europeias, segue em quatro pontos e uma partida a mais.

Já o Sassuolo, em uma temporada decepcionante se comparada às duas anteriores na primeira divisão, está muito perto da zona de rebaixamento. Com oito pontos, o time é o 17.º colocado - o primeiro fora da degola. Logo abaixo estão Verona e Genoa, empatados com seis pontos.

O jogo teve amplo domínio do Milan, mesmo com a ausência de Biglia, Bonaventura e Conti. O Sassuolo, por sua vez, deu trabalho quando chegava à meta de Donnarumma, mas o time rubro-negro não teve maiores dificuldades para construir o placar e fez um gol em cada etapa com o zagueiro Alessio Romagnoli e o meia Suso.

No outro jogo deste domingo, Atalanta e SPAL empataram por 1 a 1, em Bérgamo. O time da casa chegou a 16 pontos e está na 10.ª colocação. O rival tem 9 e ocupa o 16.º lugar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.