AP
AP

Milan diz estar focado em Tevez e descarta alternativas

Adriano Galliani descarta uma tentativa por outro argentino, Maxi López, que joga no Catania

AE, Agência Estado

24 de dezembro de 2011 | 14h11

ROMA - O vice-presidente Adriano Galliani descartou neste sábado que o Milan procurará alternativas no mercado caso não feche com o argentino Carlos Tevez em janeiro. "Ou Tevez ou ninguém", declarou o dirigente.

"Disse a Carlos que vamos esperar por ele até o dia 31 de janeiro. Se não der certo, vou me consolar pensando que o ''grande amor'' não se concretizou", afirmou Galliani, em entrevista a um canal de televisão italiano.

A declaração do vice-presidente rebate os rumores de que o Milan acertaria com o atacante Maxi López, ex-Grêmio e atualmente no Catania, caso não chegue a um acordo com o Manchester City.

O time inglês quer liberar o atacante argentino em definitivo, enquanto o Milan quer apenas um contrato de empréstimo até o fim da temporada, em junho de 2012. O rendimento em campo determinaria a compra dos direitos do atleta junto ao Manchester City.

O clube da Inglaterra, no entanto, já estaria dando sinais de que aceitaria uma proposta de empréstimo, caso o Milan se comprometa a fechar a compra do jogador no meio do próximo ano. Os italianos têm a concorrência do Paris Saint-Germain, que já demonstrou interesse em acertar um contrato definitivo com o argentino.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMilanTevez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.