Milan diz que espera Ronaldo, mas não fala de contrato

Brasileiro, que tem vínculo com o clube até o final de junho, deve ficar 9 meses afastado do futebol

Mark Meadows, REUTERS

15 de fevereiro de 2008 | 11h32

O clube AC Milan ainda não se comprometeu com prorrogar o contrato do atacante Ronaldo, o qual sofreu uma lesão no joelho esquerdo que o deixará fora dos gramados por ao menos nove meses. Veja também: A trajetória de Ronaldo no futebol Ex-jogadores acreditam na recuperação de Ronaldo CBF demite médico que disse que Ronaldo usou anabolizantes  Histórico de lesões da carreira de Ronaldo  Ronaldo conseguirá superar mais uma contusão?O contrato de Ronaldo, 31, termina em junho e, apesar de o time campeão da Europa ter dito que espera vê-lo jogando novamente, o atacante não tem garantias de que poderá ficar no clube italiano. Na quinta-feira, em Paris, o jogador submeteu-se a uma cirurgia no joelho esquerdo após ter saído de maca do jogo de quarta-feira contra o Livorno pela Série A do Campeonato Italiano, partida essa que terminou empatada em 1 a 1. Aquela era apenas a sexta vez que Ronaldo entrava em campo nesta temporada, durante a qual já tinha enfrentado outras contusões. Eleito três vezes melhor jogador do mundo, o atleta sofreu uma lesão semelhante quando estava na Inter de Milão, em 2000. "Esperamos que a imagem triste vista na quarta-feira não seja a última dele nos campos de futebol", afirmou Adriano Galliani, dirigente do Milan, na edição de sexta-feira do jornal Gazzeta Dello Sport. "Ronaldo ainda não completou 32 anos de idade. E mesmo que eu não comente isso, porque não sou médico, espero que ele volte a jogar e que faça isso em nossa equipe. Ronaldo talvez seja o melhor jogador do Brasil desde Pelé." Carlo Ancelotti, técnico do Milan, deu declarações semelhantes. E, apesar de ter dito que o clube esperaria por ele, não há negociações específicas para a renovação do contrato. "Agora tudo está nas mãos dele. Estou convencido de que o Ronaldo voltará a jogar porque o futebol é o mundo dele e nós esperaremos por ele", afirmou Ancelotti a repórteres. "Na primeira vez em que sofreu esse tipo de lesão, no joelho direito, ele se recuperou totalmente. Não vejo por que ele não conseguiria fazer o mesmo desta vez." O Milan havia dito antes que o contrato de Ronaldo seria renovado se o atacante, que enfrentou problemas com o excesso de peso, retomasse sua forma física.

Tudo o que sabemos sobre:
RonaldoAC MilanCampeonato Italiano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.