Milan diz que libera Rivaldo se ele pedir

Cansado da reserva, Rivaldo chegou a dizer quando esteve no Brasil, no começo do mês, que deixaria o Milan no final do ano caso não tivesse chances de jogar. Nesta sexta-feira, o vice-presidente e administrador do clube italiano, Adriano Galliani, garantiu que libera o atacante brasileiro se ele pedir para sair. Mas revelou que não recebeu nenhuma queixa até agora."Por enquanto, não existe um problema Rivaldo. Se ele está feliz em continuar conosco, continuará. Se, por outro lado, pedir para ir embora, deixaremos que vá. Porém, por enquanto, não pediu nada", disse Galliani, que participou de cerimônia na prefeitura de Milão em homenagem ao título do time na última Liga dos Campeões da Europa, conquistado em maio passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.