Milan e Real Madrid enfim chegam a acordo por Ronaldo

A novela da transferência do atacante Ronaldo para o Milan chegou a um final feliz. O Fenômeno foi negociado pelo Real Madrid com o time italiano nesta terça-feira por 7,5 milhões de euros (cerca de R$ 21 milhões), incluindo ainda o também atacante brasileiro Ricardo Oliveira, que vai por empréstimo para o time espanhol. Ronaldo deve ser apresentado oficialmente nesta quarta em Milão, tendo inclusive boas chances de estrear no time no próximo domingo, quando a equipe rubro-negra enfrenta o Áscoli (20.º e último colocado, com 12 pontos), pela 22.ª rodada do Campeonato Italiano. O Milan, por sinal, é o nono colocado, com 27 pontos.A negociação foi definida após quase uma semana de reuniões e conversas. O jogador queria deixar o time espanhol - que defendia desde 2002 - por não fazer parte dos planos do técnico Fabio Capello. Desde então, conversava com os dirigentes do time italiano para voltar à cidade onde já morou, quando defendeu a arqui-rival Internazionale.Ronaldo havia acertado com o Milan na última sexta-feira, após realizar exames médicos em uma clínica perto de Milão e no CT do clube. O atacante não disputa uma partida pelo Real desde o dia 7 de janeiro, quando a equipe merengue foi derrotada pelo La Coruña.O Fenômeno chegou no Real em 2002 e ganhou o Campeonato Espanhol no final da mesma temporada, mas nada maior do que isso. Ao todo, o brasileiro balançou a rede com a camisa do Real por 104 vezes.Coração partidoLogo após acertar com o Milan, Ronaldo agradeceu os dirigentes e a torcida do Real pelo carinho recebido. "O apoio aqui na Espanha foi fantástico. Sou muito grato por tudo o que aconteceu. Saio do Real com o coração partido. A vida é assim, cheia de mudanças."Ronaldo também aproveitou para cutucar o técnico italiano Fabio Capello, com o qual foi deixado no banco de reservas. "Vou agradecer todos os treinadores, menos um (Capello)", contou o brasileiro.InesquecívelA direção do Real divulgou um comunicado em seu site agradecendo o brasileiro. Para o clube, Ronaldo foi um dos maiores atacantes que já vestiram a camisa branca. Os espanhóis também desejaram sorte para o jogador no Milan.Atualizado às 14h50

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.