Damian Strohmeyer/AP
Damian Strohmeyer/AP

Milan e Valencia possuem acordo por Rami, diz jornal

Zagueiro francês deve ser emprestado à equipe italiana, que terá opção de compra ao fim do acordo

O Estado de S. Paulo

09 de outubro de 2013 | 11h48

SÃO PAULO - Afastado do Valencia por declarações polêmicas, o zagueiro Adil Rami deve ser emprestado ao Milan na próxima janela de transferências. De acordo com o jornal Gazzetta Dello Sport, o francês de 27 anos vai ser cedido por 400 mil euros, com opção de compra estipulada entre 6 a 7 milhões de euros.

O zagueiro de origem marroquina está treinando em separado desde o final de setembro, após criticar os seus companheiros de equipe e o treinador Miroslav Djukic, em declaração à rádio Cadena Ser. Pelo fato de não atuar, o jogador, que possui contrato com o Valencia até 2015, também não está presente na última lista de convocados da seleção francesa, que disputa as Eliminatórias Europeias para a Copa de 2014.

O diário italiano também afirma que outros clubes como Liverpool, Rubin Kazan, Napoli e Roma também mostraram interesse. O acordo com a equipe rossonera foi realizado após reunião entre o presidente do time espanhol, Amadeo Salvo, da representante e irmã de Rami, Hafida e também dos agentes do Milan, Ernesto Bronzetti e Fabrizio de Vecchi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.