Miguel Medina/ AFP
Miguel Medina/ AFP

Milan faz 3 gols em cinco minutos e derrota a Juventus; Lazio também perde

Com isso, o time de Turim segue com sete pontos (75 a 68) de vantagem na classificação

Redação, Estadao Conteudo

07 de julho de 2020 | 21h04

Juventus e Lazio, líder e vice-líder do Campeonato Italiano, foram derrotadas de virada, nesta terça-feira, na abertura da 31.ª rodada. Com isso, o time de Turim segue com sete pontos (75 a 68) de vantagem na classificação, restando sete jogos para o final da competição.

A Lazio entrou em campo mais cedo para enfrentar, fora de casa, o Lecce. Logo aos cinco minutos, Caicedo aproveitou uma falha do goleiro brasileiro Gabriel na saída de bola e abriu o placar para os romanos.

O jogo foi bastante disputado e o Lecce, que briga contra o rebaixamento, conseguiu o empate com uma bela cabeçada de Babacar, aos 30 minutos. O time da casa teve chance de virar ainda na primeira etapa, mas Mancosu bateu muito mal uma penalidade e mandou a bola para fora.

O gol da vitória do Lecce não demorou. Aos dois minutos do segundo tempo, Lucioni, também de cabeça fez o gol que garantiu três preciosos pontos para a equipe 17ª colocada (28 pontos).

Em Milão, a Juventus foi pior que a Lazio e deixou escapar a importante vitória, após estar vencendo por 2 a 0 até os 17 minutos do segundo tempo. O time de Cristiano Ronaldo levou três gols em cinco minutos e desperdiçou três decisivos pontos.

Todos os seis gols saíram na etapa final. Rabiot, em grande arrancada, abriu o placar aos dois minutos, após lindo chute no ângulo. Aos oito, Cristiano, lançado no meio da zaga, bateu com categoria para fazer o segundo gol do time de Turim.

Aí começou a reação milanesa. Aos 17, o veterano Ibrahimovic converteu um pênalti. Aos 21, Kessie, com grande facilidade, rompeu pela zaga adversária e empatou o jogo. Aos 22, Rafael Leitão fez o terceiro, sem reação do rival. Desorientada, a zaga da Juve falhou e Rebic não perdoou: 4 a 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.