VINCENZO ARTIANO/EFE
VINCENZO ARTIANO/EFE

Milan leva susto, mas bate Frosinone de virada com gol de Alex

Equipe de Sinisa Mihajlovic está na sexta posição do Italiano

Estadão Conteúdo

20 de dezembro de 2015 | 16h57

O Milan deu um susto em sua torcida neste domingo, mas evoluiu na segunda etapa e conseguiu uma importante vitória diante do Frosinone, fora de casa, pelo Campeonato Italiano. A equipe rubro-negra fez 4 a 2, com direito a gol do brasileiro Alex, e continua sonhando com vaga nas competições europeias.

O resultado levou o Milan a 28 pontos, na sexta colocação, quatro atrás da Roma, que hoje estaria na Liga Europa. Com a pausa do Italiano, a equipe volta a campo já em 2016, no dia 6 de janeiro, para pegar o Bologna em casa. Já o Frosinone está na zona de rebaixamento, em 18.º com 14 pontos, e pega o Sassuolo no dia 6.

Foi justamente o Frosinone, aliás, quem saiu na frente neste domingo. Em uma rara ida ao ataque, Ciofani recebeu sozinho e tocou na saída do goleiro. O gol desestabilizou o Milan, que era melhor na partida e começou a errar muitos passes próximo à área adversária.

Na etapa final, no entanto, o time rubro-negro buscou a virada. Aos cinco minutos, Abate recebeu pela direita e bateu cruzado para marcar. Apenas quatro minutos depois, Carlos Bacca aproveitou cochilo da defesa e ficou com o gol vazio para marcar após desvio de Bonaventura.

Já aos 31, foi a vez do zagueiro brasileiro Alex deixar o seu em cabeçada firme, após cobrança de escanteio da direita. Ainda houve tempo para Dionisi, também de cabeça, aos 38 minutos, diminuir, e Bonaventura, já nos acréscimos, garantir o triunfo milanês.

OUTROS RESULTADOS

Em outras partidas já encerradas do dia pelo Italiano, destaque para a Udinese, que foi a Turim e derrotou o Torino por 1 a 0, se afastando de vez da zona de rebaixamento. Assim como a Sampdoria, que recebeu o Palermo e conseguiu um importante triunfo por 2 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.