Milan nega que Ronaldinho irá para o Flamengo

O vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, negou nesta quinta-feira que o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho esteja deixando o clube para defender o Flamengo, fato que chegou a ser cogitado nesta semana.

AE-AP, Agência Estado

15 de julho de 2010 | 13h33

"Não chegamos a receber qualquer pedido dele (Ronaldinho) para sair e também não há qualquer proposta por parte do Flamengo", afirmou o dirigente, garantindo em seguida que o craque brasileiro chegará a Milão para iniciar normalmente a pré-temporada do clube.

Galliani negou também que exista uma cláusula no contrato do jogador que obrigasse o clube italiano a liberar o atleta para outro time caso ele recebesse uma proposta vantajosa. "Ele tem contrato com o Milan ainda por um ano, e sem nenhuma cláusula de rescisão", assegurou.

Em sua edição da última terça-feira, o jornal italiano Gazzetta dello Sport informou que a diretoria do Milan admitiu a possibilidade de liberar o atleta brasileiro para o Flamengo, fato que Galliani negou nesta quinta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.