Costas Baltas/Reuters
Costas Baltas/Reuters

Milan perde do Olympiacos e é eliminado na fase de grupos da Liga Europa

Equipe italiana podia perder até por um gol para avançar, mas foi derrotada por 3 a 1

Estadão Conteúdo

13 de dezembro de 2018 | 20h41

Em uma semana em que nada deu certo para o futebol italiano nas competições europeias, o Milan "fez a sua parte" ao ser eliminado nesta quinta-feira na fase de grupos da Liga Europa. Em Atenas, na Grécia, o time de Milão foi derrotado pelo Olympiacos por 3 a 1, pela sexta e última rodada do Grupo F, e ficou na terceira colocação, atrás do espanhol Betis e dos próprios rivais gregos.

Com o resultado na capital grega, Olympiacos e Milan ficaram empatados com 10 pontos cada. O time da Grécia passou por ter maior saldo de gols (5 a 3). Já classificado por antecipação, o líder Bétis (12 pontos) só empatou sem gols com o lanterna Dudelange, em Luxemburgo. O clube da casa conseguiu, assim, seu primeiro ponto na competição.

Em campo, o Milan sofreu bastante com a pressão do Olympiacos, que tinha o apoio de sua fanática torcida. Mas os gols só saíram no segundo tempo. Aos 15 minutos, o zagueiro Cissé abriu o placar para os gregos e, aos 25, Zapata desviou um chute do volante brasileiro Guilherme (ex-Corinthians) para ver o seu time ficar com dois gols de desvantagem.

O resultado dava a classificação ao Olympiacos, mas a reação do Milan foi rápida. Aos 27 minutos, o mesmo Zapata se redimiu e de cabeça fez para o Milan, que valia a classificação. Aí foi a vez dos gregos irem ao ataque e a recompensa veio com o gol de pênalti de Fortounis, aos 36. O desespero tomou conta dos italianos, que buscaram o tento da salvação de qualquer maneira, mas não tiveram sucesso.

OUTROS JOGOS 

Quem conseguiu terminar a fase de grupos com 100% de aproveitamento foi o Red Bull Salzburg. Semifinalista da última edição, o time da Áustria bateu o Celtic por 2 a 1, na Escócia, e fechou o Grupo B com 18 pontos. Azar do RB Leipzig, que só precisava ganhar em casa do lanterna Rosenborg, da Noruega, mas empatou por 1 a 1. Ficou com sete pontos na terceira colocação, contra nove dos escoceses.

Por fim, no Grupo A, os classificados Bayer Leverkusen e Zurich entraram em campo para definirem a primeira posição. E ela ficou com o time da Alemanha, que foi até o Chipre e goleou o AEK Lanarca por 5 a 1 - com um gol do atacante Paulinho, ex-Vasco. Os alemães ficaram com 13 pontos, contra 10 dos suíços - que empataram por 1 a 1 contra o Ludogorets Razgrad, na Bulgária.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Liga EuropaMilanOlympiacos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.