Filippo Monteforte/AFP
Filippo Monteforte/AFP

Milan perde pênalti, Roma vence clássico e se isola na vice-liderança do Italiano

Roma chega à vice-liderança, com 35 pontos

Estadão Conteúdo

12 de dezembro de 2016 | 20h38

Em um jogo no qual o Milan desperdiçou um pênalti, a Roma venceu por 1 a 0, em casa, nesta segunda-feira, no clássico que fechou a 16ª rodada do Campeonato Italiano. O bom resultado fez a equipe da capital nacional se isolar na vice-liderança da tabela, com 35 pontos, ficando justamente três à frente do próprio time de Milão, terceiro colocado, que agora também se vê sete pontos atrás da líder Juventus.

Com a vitória, a Roma também se manteve com 100% de aproveitamento em jogos disputados no Estádio Olímpico nesta edição da competição nacional, na qual na próxima rodada o time romano terá pela frente a Juventus, no sábado, em Turim, onde tentará vencer para ficar a apenas um ponto do adversário na classificação.

No mesmo sábado, o Milan buscará a reabilitação diante da Atalanta, em Milão, para pelo menos assegurar a sua permanência na terceira posição. Com 32 pontos, tem apenas um de vantagem para Napoli e Lazio, que no domingo enfrentam respectivamente o Torino e a Fiorentina, também atuando em casa.

No clássico desta segunda, o Milan poderia ter saído na frente no placar aos 27 minutos do primeiro tempo, um minuto depois de Lapadula ser lançado no lado esquerdo da grande área e ser derrubado por Szczesny. Em seguida, porém, o goleiro polonês se redimiu ao defender a penalidade cobrada por Niang em seu canto esquerdo, espalmando para escanteio.

Após o susto, a Roma quase fez o primeiro gol do jogo aos 36 minutos, em perigosa finalização cruzada de Dzeko após ótimo lançamento de Rüdiger pela direita. A bola passou muito perto da trave direita do goleiro Donnarumma.

Ainda na primeira etapa, o brasileiro Bruno Peres precisou ser substituído por El Shaarawy aos 41 minutos, depois de lesionar o tornozelo esquerdo. Ele chegou a deixar o campo chorando de dor.

Já na etapa final, a Roma tratou de seguir buscando o primeiro gol e, de tanto insistir, acabou premiada aos 17 minutos. Após uma bola rebatida no meio-campo, o belga Nainggolan aproveitou a sobra dando uma finta em Locarelli, avançou na diagonal e soltou belo chute de fora da área colocado, de perna esquerda, no canto direito de Donnarumma: 1 a 0.

Pouco depois do gol, o brasileiro Luiz Adriano chegou a substituir Lapadula no ataque do Milan, mas o time fez muito pouco para merecer o empate fora de casa, assim como sofreu com novas investidas ofensivas da Roma. Em raro lance ofensivo dos visitantes, Matías Fernández, que também entrou na etapa final na equipe de Milão, substituindo Bertolacci, quase conseguiu a igualdade aos 46 minutos, quando exibiu boa defesa de Szczesny.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.