Twitter/Milan
Twitter/Milan

Milan se acerta com Chelsea e contrata francês Bakayoko por empréstimo

Jogador de 23 anos já está treinando com seus novos companheiros no CT de Milanello, nos arredores de Milão

Estadão Conteúdo

14 de agosto de 2018 | 11h14

Sem espaço no Chelsea na temporada passada, com o técnico italiano Antonio Conte, e sem perspectivas de jogar com o novo comandante, o também italiano Maurizio Sarri, o volante francês Tiemoue Bakayoko acertou nesta terça-feira o seu empréstimo para um clube da Itália. O Milan anunciou a contratação em suas redes sociais e revelou que a apresentação oficial acontecerá nesta sexta.

+ Confira a tabela do Campeonato Italiano

Apesar do anúncio oficial ter sido feito nesta terça-feira, o jogador de 23 anos já está treinando com seus novos companheiros no CT do Milan, em Milanello, nos arredores de Milão. No último domingo, realizou os exames médicos de praxe e foi aprovado sem problemas.

Contratado pelo Chelsea junto ao Monaco na última temporada por 40 milhões de libras (cerca de R$ 200 milhões), Bakayoko não rendeu o esperado na Inglaterra. O time italiano vai pagar 5 milhões de euros (R$ 22 milhões) aos ingleses por um ano de empréstimo com cláusula de compra fixada em 35 milhões de euros (R$ 155 milhões).

Na última temporada, Bakayoko participou de 43 jogos e marcou três gols pelo Chelsea, mas com a chegada de Maurizio Sarri e com a vinda do volante Jorginho, seu comandado no Napoli, perdeu espaço no clube de Londres. Além do meia francês, o Chelsea pode negociar outros jogadores da posição como os ingleses Loftus-Cheek e Drinkwater.

Com a contratação de Bakayoko, feita por empréstimo para não se complicar no Fair Play Financeiro da Uefa, o Milan chega a oito reforços para esta temporada. Os outros são Mattia Caldara, Nikola Kalinic, Gonzalo Higuaín, Fabio Borini, Alen Halilovic, Ivan Strinic e Pepe Reina.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.