Twitter/Milan
Twitter/Milan

Milan se acerta com Chelsea e contrata francês Bakayoko por empréstimo

Jogador de 23 anos já está treinando com seus novos companheiros no CT de Milanello, nos arredores de Milão

Estadão Conteúdo

14 Agosto 2018 | 11h14

Sem espaço no Chelsea na temporada passada, com o técnico italiano Antonio Conte, e sem perspectivas de jogar com o novo comandante, o também italiano Maurizio Sarri, o volante francês Tiemoue Bakayoko acertou nesta terça-feira o seu empréstimo para um clube da Itália. O Milan anunciou a contratação em suas redes sociais e revelou que a apresentação oficial acontecerá nesta sexta.

+ Confira a tabela do Campeonato Italiano

Apesar do anúncio oficial ter sido feito nesta terça-feira, o jogador de 23 anos já está treinando com seus novos companheiros no CT do Milan, em Milanello, nos arredores de Milão. No último domingo, realizou os exames médicos de praxe e foi aprovado sem problemas.

Contratado pelo Chelsea junto ao Monaco na última temporada por 40 milhões de libras (cerca de R$ 200 milhões), Bakayoko não rendeu o esperado na Inglaterra. O time italiano vai pagar 5 milhões de euros (R$ 22 milhões) aos ingleses por um ano de empréstimo com cláusula de compra fixada em 35 milhões de euros (R$ 155 milhões).

Na última temporada, Bakayoko participou de 43 jogos e marcou três gols pelo Chelsea, mas com a chegada de Maurizio Sarri e com a vinda do volante Jorginho, seu comandado no Napoli, perdeu espaço no clube de Londres. Além do meia francês, o Chelsea pode negociar outros jogadores da posição como os ingleses Loftus-Cheek e Drinkwater.

Com a contratação de Bakayoko, feita por empréstimo para não se complicar no Fair Play Financeiro da Uefa, o Milan chega a oito reforços para esta temporada. Os outros são Mattia Caldara, Nikola Kalinic, Gonzalo Higuaín, Fabio Borini, Alen Halilovic, Ivan Strinic e Pepe Reina.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.