Milan sofre e precisa da prorrogação para bater time da Série B na Copa da Itália

Com um time em reformulação, o Milan tem passado por apuros nas últimas temporadas. Com campanhas decepcionantes, a equipe está fora de competições europeias há alguns anos e no âmbito nacional tem que jogar mais que seus rivais tradicionais como a Internazionale e a Juventus. É o caso, por exemplo, da atual edição da Copa da Itália, em que o clube rubro-negro precisou jogar fases preliminares e nesta terça-feira sofreu para bater o Crotone, da Série B (segunda divisão), apenas na prorrogação, por 2 a 1, em pleno estádio San Siro, em Milão, e assim avançar às oitavas de final.

Estadão Conteúdo

01 de dezembro de 2015 | 20h45

Por ter terminado a temporada passada na 10.ª colocação, o Milan teve que estrear na Copa da Itália ainda na terceira fase. Passou pelo Perugia, da segunda divisão, e nesta quarta-feira penou para bater o Crotone, clube do sul do país que fez a primeira partida de sua história no estádio San Siro.

Depois de um primeiro tempo ruim, o atacante brasileiro Luiz Adriano abriu o placar para os milanistas logo aos 2 minutos da segunda etapa. Quando tudo parecia levar a uma tranquila vitória do Milan, o Crotone conseguiu o empate com Budimir, aos 23. Sem forças, o time da casa não conseguiu ameaçar o visitante e o duelo foi para a prorrogação.

No tempo extra, o Milan precisou de uma bola parada para acabar com as esperanças do Crotone. Aos 15 minutos do primeiro tempo, Bonaventura fez um belo gol de falta da meia-lua. Aos 10 da segunda etapa, em um rápido contra-ataque, Niang decretou a classificação da equipe de Milão, que agora encara a Sampdoria, em Gênova, daqui duas semanas.

Nas oitavas de final, os oito melhores do último Campeonato Italiano fazem as suas estreias. Nesta terça-feira, os adversários de Roma e Juventus, a atual campeã, foram definidos. O clube da capital enfrentará o Spezia, da segunda divisão, que bateu o Salernitana (mesma divisão) em casa por 2 a 0. E a equipe de Turim terá o clássico da cidade contra o Torino, que aplicou uma goleada de 4 a 1 para cima do Cesena, da segunda divisão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa da ItáliaMilanTorino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.