REUTERS/Daniele Mascolo
REUTERS/Daniele Mascolo

Milan vence a Lazio e não é ultrapassado pela Inter de Milão na liderança

Equipe ganha com gol nos acréscimos e mantém um ponto de vantagem para o rival

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de dezembro de 2020 | 18h58

O Milan venceu a Lazio por 3 a 2, com gol nos acréscimos, e manteve a liderança do Campeonato Italiano. A equipe estava ameaçada pelo rival Inter de Milão, que derrotou o Verona por 2 a 1. Apenas um ponto separa os times na tabela.

No duelo entre Milan e Lazio, os mandantes começaram a partida de forma arrasadora. Foram dois gols em 16 minutos. Aos nove, após cobrança de escanteio, Rebic abriu o placar de cabeça. O Milan ampliou com Calhanoglu, em cobrança de pênalti.

A Lazio, por sua vez, reagiu. Após intervenção do árbitro de vídeo, o juiz marcou pênalti. Aos 26, Immobile bateu, Donnarumma defendeu, mas Luis Alberto pegou o rebote e descontou. 

No segundo tempo, a Lazio empatou aos 13 minutos. A equipe conseguiu envolver o Milan com boa troca de passes e Immobile não desperdiçou a chance que teve. 

Nos acréscimos, porém, o Milan marcou o gol da vitória que fez a equipe permanecer na liderança. Çalhanoglu cobrou escanteio e Theo Hernández mandou de cabeça para o fundo da rede.

Já Inter e Verona fizeram um primeiro tempo de poucas emoções e quase nenhum atrativo. A partida só ganhou em lances mais técnicos no segundo tempo, principalmente depois que Lautauro Martínez abriu o placar para os visitantes, aos 7 minutos.

Depois de 11 minutos, o Verona buscou o empate, com gol de Ivan Ilic. Mas o time da casa quase não teve tempo de comemorar a igualdade. Aos 24, Marcelo Brozovic levantou na área e Milan Skriniar completou para as redes. A Inter emplacou a sétima vitória consecutiva.

Também nesta quarta, o Napoli empatou com o Torino por 1 a 1, em casa. O Sassuolo bateu a Sampdoria por 3 a 2, fora de casa, enquanto o Benevento superou a Udinese por 2 a 0. O Genoa venceu o Spezia por 2 a 1, a Roma bateu o Cagliari por 3 a 2 e Bologna e Atalanta empataram por 2 a 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.