Milan vence Chievo no Italiano com gols de brasileiros

O Milan contou com gols brasileiros para se manter na liderança do Campeonato Italiano. Neste domingo, fora de casa, a equipe derrotou o Chievo Verona por 2 a 1, em casa, com gols marcados pelos atacantes Alexandre Pato e Robinho, se recuperando da derrota para o Tottenham por 1 a 0, em partida válida pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

AE, Agência Estado

20 de fevereiro de 2011 | 13h15

O resultado deixou o Milan com 55 pontos, cinco à frente da Inter de Milão e seis a mais do que o Napoli, que ainda vai jogar neste domingo. Já o Chievo segue na parte intermediária da classificação do Campeonato Italiano, com 31 pontos, na 13ª colocação.

O Milan abriu o placar aos 24 minutos do primeiro tempo. Cassano cruzou na área, Ibrahimovic passou de cabeça para Robinho, que dominou a bola, girou sobre a marcação e finalizou rasteiro. O Chievo, porém, chegou ao empate aos 15 minutos da etapa final. Constant cruzou para Fernandes, de cabeça, marcar.

Pouco depois, o Milan trocou Cassano por Alexandre Pato. E o atacante brasileiro marcou o gol da vitória do líder do Campeonato Italiano. Aos 36 minutos, ele driblou dois adversários e finalizou rasteiro. A bola bateu na trave do lado direito do gol antes de entrar.

A Lazio se manteve com chances de título ao derrotar o Bari por 1 a 0, em casa. A equipe da cidade de Roma tem agora 48 pontos, na quarta colocação. O único gol da partida foi marcado pelo brasileiro Hernanes, aos seis minutos do primeiro tempo.

A Roma aprofundou a sua crise ao perder para o Genoa, de virada, por 4 a 3, fora de casa. A equipe chegou a abrir 3 a 0, com gols de Mexes, Burdisso e Totti. Mas o Genoa reagiu e conseguiu o triunfo com Palacios e Paloschi marcando dois gols cada.

Também neste domingo, Fiorentina e Sampdoria, que fazem campanha decepcionante, empataram por 0 a 0, assim como Udinese e Brescia. Já Palermo e Cesena empataram por 2 a 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.