Milene quer Ronaldo na Inter

A novela envolvendo o atacante Ronaldo pode estar chegando ao final. A imprensa italiana divulgou hoje que Massimo Moratti, presidente da Inter, e Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, se encontrarão nos próximos dias em Formenter, nas Ilhas Baleares, para tratar da transferência de Ronaldo. Mas a tendência é que o atacante continue jogando em Milão, pelo menos se depender de sua esposa, Milene Domingues. Em declarações publicadas hoje pelo jornal "Il gazzettino", de Veneza, Milene garante que ela, que também é jogadora profissional, disputará a próxima temporada pelo Fiamma Monza e também será assim para o Ronaldo na Inter. "É isso que eu quero". A esposa do atacante considera que a relação de Ronaldo com a torcida não será um problema para sua permanência na Itália. "Os torcedores mudam de idéia, um dia o amam e no outro o odeiam", afirmou. Milene disse que tudo se resolverá quando Ronaldo se reunir com o presidente da Inter. A conversa entre os dois pode acontecer após a reunião entre os presidentes da Inter e do Real Madrid. Moratti, que até agora considerou insuficientes as ofertas do clube espanhol, parece menos intransigente, mas não estaria disposto a uma troca de jogadores. Mas a imprensa espanhola defende outra corrente. Segundo o jornal Marca, apesar das negociações entre os dois clubes, o Real não estaria disposto a fazer grandes esforços para ter Ronaldo no próximo campeonato espanhol.

Agencia Estado,

21 Agosto 2002 | 18h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.