Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Militão e Alex Sandro usam Copa América para ganhar espaço rumo ao Mundial do Catar

Com atuações seguras nas Eliminatórias, defensores buscam afirmação no elenco da seleção brasileira

Redação, Estadão Conteúdo

21 de junho de 2021 | 18h14

O zagueiro Éder Militão e o lateral Alex Sandro possuem status semelhante na seleção brasileira. Não são titulares absolutos, mas conquistaram espaço com atuações seguras nas Eliminatórias e na Copa América. Os dois defensores estão em ascensão, com boas possibilidades de se firmarem no grupo que vai à Copa do Mundo do ano que vem, no Catar.

Convocados para a entrevista coletiva nesta segunda-feira, 21, os dois destacaram as oportunidades que o técnico Tite vem dando para todos os jogadores. Um dos planos do treinador é usar a Copa América para "rodar o grupo".

A missão de Militão para conseguir uma vaga entre os titulares é mais árdua. Embora tenha sido titular nas últimas quatro partidas, ele sabe que os titulares são Marquinhos e Thiago Silva.

"Todos têm condições de estar representando a seleção. Sem dúvida, Marquinhos e Thiago Silva são ótimos jogadores, têm um nível de qualidade de jogo que não dá para discutir. Mas venho trabalhando para buscar meu espaço", avaliou o defensor do Real Madrid.

Desde que assumiu o comando da seleção, cinco anos atrás, Tite já convocou 105 jogadores diferentes. Nesse contexto, o jogador de 23 anos acha que ainda é cedo para pensar na Copa do Mundo. "É claro que quero permanecer até o Catar, estou trabalhando para isso, mas sei que tenho muita etapa ainda para queimar", afirmou.

No caso da lateral-esquerda, a disputa está mais parelha. Renan Lodi vinha sendo titular nas Eliminatórias para a Copa, mas Alex Sandro recuperou terreno e começou jogando três dos últimos quatro jogos.

"Nosso diferencial está sendo a preparação de todos os jogadores. Todos aqui se sentem titulares. O Tite passa que somos todos importantes. Esse período mais longo também está sendo importante para entrosamento da equipe", disse o jogador da Juventus, autor de um gol na goleada sobre o Peru por 4 a 0.

Na hora de se comparar ao concorrente pela posição, Alex Sandro preferiu apenas elogiar. "Tento aproveitar da melhor maneira possível as oportunidades. Acho o Renan incrível, ele está crescendo, tem muito a crescer ainda. Ele aprende comigo e eu aprendo com ele", ressaltou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.